sábado, 29 de dezembro de 2012

Caicó: Leleu coloca lenha na fogueira da eleição da Câmara






No último programa radiofônico de responsabilidade da Câmara Municipal de Caicó em 2012, o presidente Leleu Fontes (PSB) fez uma avaliação da sua gestão e oficializou seu projeto de recondução ao comando da Casa. O programa foi ar hoje (27), às 14h30, com a apresentação do radialista Clóvis Pereira, na Rádio Rural AM.
Leleu apresentou dados de pesquisa de opinião, na qual 68% dos entrevistados avaliaram como bom ou excelente a sua gestão. “Procuramos resgatar a credibilidade da Câmara em razão de denúncias de corrupção na gestão anterior. Na parte legislativa e administrativa, a Casa funcionou da melhor maneira possível, com destaque com a pauta propositiva que implantou um intenso ritmo de debates”, destacou o vereador.
Ele também pontuou a relação institucional com vários setores da sociedade civil organizada, o que possibilitou a realização de importantes projetos, como o primeiro concurso da Casa, além da discussão sobre a Barragem de Oiticicas, estiagem, Universidade Federal do Seridó e a regularização fundiária do conjunto habitacional Nova Caicó, dentre outros.
Sobre o seu projeto de recondução à presidência, Leleu defendeu o que ele chamou de aspectos fundamentais, questões regimentais e partidárias quando se referiu ao seu principal adversário, vereador Lobão Filho (PMDB), e disse que o Legislativo não pode voltar a funcionar como anteriormente. E foi incisivo: “Lobão fez parte de um esquema de corrupção que levou a Câmara às páginas policiais”.
O atual presidente também alegou a quebra de decoro com a prática de troca de votos por benesses. “E o pior: exigindo do prefeito eleito, Roberto Germano (PMDB), a nomeação de dirigentes partidário, como o presidente do PHS municipal, Nagib Libânio, que manipula o voto do vereador [Cícero] Mancuso em favor de Lobão”.
Por último, Leleu afirmou que, mesmo Lobão prometendo ao prefeito Bibi Costa a manutenção de atuais aliados na futura gestão de Germano, “o PSB não admite que o outro vereador eleito da legenda, Alex Dantas, se posicione contrário à legenda. Fontes advertiu que lutará pela unidade do partido e, se caso for necessário, “irá às últimas consequências para mostrar que aquele que possui telhado de vidro não atire pedras contra os outros”.


 


Nenhum comentário:

Comissão aprova vagas de estacionamento para grávidas, mulheres no pós-parto e adultos com crianças Compartilhe Versão para impressão...