quarta-feira, 3 de maio de 2017

Após votos contrários à reforma, deputados potiguares perdem cargos federais no RN





Os votos contrários à reforma trabalhista praticados pelos deputados potiguares Rafael Motta (PSB) e Antônio Jácome (PTN) custaram caro ao parlamentares. Em uma possível ‘retaliação’, o presidente Michel Temer (PMDB) exonerou pessoas indicadas pelos deputados a cargos federais no Rio Grande do Norte.

No caso de Rafael Motta, Temer ‘pegou de volta’ a superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) e do Departamento Nacional de Produção Mineral no Estado do Rio Grande do Norte (DNPM).

Já Antônio Jácome viu seus indicados à superintendência da Fundação Nacional da Saúde (FUNASA) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) serem destituídos. As informações, que já estavam sendo ventiladas na imprensa nacional, foram confirmadas na manhã desta terça-feira 02, quando as exonerações apareceram no Diário Oficial da União (DOU).

Investigado por tráfico de entorpecentes é assassinado a tiros na zona norte de Caicó



Noite de quarta feira, 03 de maio, a polícia registra um assassinato a tiros na norte da cidade de Caicó. A vítima foi morta por desconhecidos no bairro Samanaú, próximo à base do Corpo de Bombeiros Militares.

“Keninho” era investigado pelo envolvimento com o crime e o tráfico de drogas. Há vagas informações que o crime tenha sido acerto de contas do crime. A rivalidade por disputa por espaços na venda de entorpecentes.

A vítima era filho de policial militar Cabo Josebel (in memoriam). A Polícia Militar cercou o local do crime até a chegada do ITEP e Polícia Civil para liberação do corpo, que será levado para necrópsia.

O crime foi registrado por volta das 19 horas, e segundo populares, dois homens em uma moto alta, tipo Broz, foram vistos fugindo do local do crime em alta velocidade, contudo, suas identificações ainda são desconhecidas. O serviço de inteligência da polícia civil já trabalha para chegar nos autores.