segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

PF cumpre mandados em operação contra fraudes em saques de benefícios sociais

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta terça-feira (18), nove mandados de prisão temporária e nove mandados de busca e apreensão para desarticular uma organização especializada em fraudes, mediante utilização de documentos falsos, para saques de precatórios e saldos do FGTS, PIS, seguro desemprego, benefícios da previdência social, entre outros. A ação foi batizada de Operação Quimera X. Há mandados sendo cumpridos no Rio de Janeiro.

Os mandados foram expedidos pela 4ª Vara da Subseção Judiciária da Justiça Federal em Campina Grande. A associação criminosa tem base no Rio Janeiro, mas atua também na Paraíba, Rio Grande do Norte e Distrito Federal. A Polícia Federal estima um prejuízo de, aproximadamente, R$ 4 milhões.

A Operação Quimera X é uma fase da Operação Belerofonte, conduzida pela Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Superintendência Regional da Polícia Federal na Paraíba, que aconteceu em setembro de 2018. O objetivo era desarticular um esquema de exploração de pessoas com necessidades especiais por parte de associações, assim como fraudes nos processos de pagamento de órgãos públicos.

O nome da operação que acontece nesta terça-feira faz referência ao monstro de aparência mítica, podendo significar também sonho, devaneio, fantasia, imaginação, ilusão ou ficção, conforme explicou a PF. Já a Operação Belerofonte é uma menção ao rei mitológico grego que matou o monstro Quimera.

G1

Nenhum comentário:

Comissão aprova vagas de estacionamento para grávidas, mulheres no pós-parto e adultos com crianças Compartilhe Versão para impressão...